Warning: mysql_real_escape_string(): Access denied for user 'brunozam'@'localhost' (using password: NO) in /home1/brunozam/public_html/site/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string(): A link to the server could not be established in /home1/brunozam/public_html/site/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string(): Access denied for user 'brunozam'@'localhost' (using password: NO) in /home1/brunozam/public_html/site/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string(): A link to the server could not be established in /home1/brunozam/public_html/site/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string(): Access denied for user 'brunozam'@'localhost' (using password: NO) in /home1/brunozam/public_html/site/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string(): A link to the server could not be established in /home1/brunozam/public_html/site/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string(): Access denied for user 'brunozam'@'localhost' (using password: NO) in /home1/brunozam/public_html/site/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string(): A link to the server could not be established in /home1/brunozam/public_html/site/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string(): Access denied for user 'brunozam'@'localhost' (using password: NO) in /home1/brunozam/public_html/site/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string(): A link to the server could not be established in /home1/brunozam/public_html/site/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string(): Access denied for user 'brunozam'@'localhost' (using password: NO) in /home1/brunozam/public_html/site/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string(): A link to the server could not be established in /home1/brunozam/public_html/site/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786
Bruno Zampier » fracassos e vocações
27/04/2011 – 23:15

fracassos e vocações

até algum tempo atrás eu costumava ministrar uma palestra motivacional e organizacional para meus alunos que estão em busca da aprovação em concursos públicos…

não sei porque, não tenho me sentido mais tão motivado a dar esta palestra (vou refletir sobre as razões… rs).

as primeiras coisas que eu perguntava aos alunos na palestra eram:

- será que vc realmente tem vontade de exercer uma função pública

- será que é um desejo seu, ou vc foi criado ouvindo que concurso era a melhor alternativa após sua formatura?

- vc conhece a realidade da preparação para concurso público nos dias de hoje?

- será que vc realmente está disposto a enfrentar uma longa caminhada em busca da aprovação?

na minha opinião, as respostas a estas perguntas são essenciais para o sucesso nos concursos. imagine dedicar horas e horas, cinco, seis, sete dias por semana, abdicar de feriados, de programas com amigos, família, etc, para se alcançar um futuro que nem vc sabe ao certo se é realmente o que vc quer?

cansei de me deparar com alunos que se sentiam frustrados na advocacia e, assim, procuravam os concursos! e eu dizia; se vc quer advogar, sempre sonhou em advogar, com um ano ou menos de estudo, vc acabará aceitando uma nova proposta de um escritório qualquer… afinal, seu sonho é advogar, e não exercer uma função pública!

além deste desejo, deste aspecto vocacional, outra questão que eu abordava era a dificuldade que certos alunos tinham em enfrentar a derrota, algo extremamente comum em concursos!

vc pega uma pessoa que sempre foi boa aluna no colégio, na faculdade, não está acostumada a fracassar e a coloca num regime em que o sucesso, a aprovação, é a exceção! várias pessoas simplesmente não sabem lidar com os tropeços na caminhada dos exames públicos! e pior; alguns fracassam de véspera, preferindo nem fazer certas provas, “por não se sentirem ainda preparados”…

assim, refletir antes de começar a caminhada, analisar seus reais desejos profissionais e, ainda, entender que a(s) derrota(s) será um importante degrau na trilha dos concursos são atitudes fundamentais para aquele que quer ser aprovado!

lembre-se: a maioria dos candidatos que frequentam as salas de aula de cursos preparatórios tem menos de 30 anos… e a média de vida do brasileiro atualmente supera os 70 anos! assim, sua decisão de hoje poderá afetar o seu projeto de felicidade, e não apenas projeto profissional, pelos próximos quarenta ou cinquenta anos… rs.

eu assisti a um vídeo no youtube mto interessante. jk rowling, autora de harry poter, fez um belo discursso de formatura em haward, em 2008.

talvez ele possa lhe tocar de alguma forma…

httpv://www.youtube.com/watch?v=5fXAXdyB4BY&feature=youtu.be

esta é a primeira parte. para assistir às demais, entre no youtube (basta clicar duas vezes sobre o vídeo).

boa reflexão!

5 Comentários

  1. Giô
    29/04/2011 at 18:41 | Permalink

    Prof.Bruno Zampier.
    Mais uma vez, agradeço o “papo sério”.
    Giô

  2. Daniel
    30/04/2011 at 00:34 | Permalink

    Professor Bruno,

    Posso lhe dizer q assisti a sua palestra em 2007. Até então, confesso q já vinha tentando estudar p/ concursos desde 2004, mas sempre desistia e ficava um bom tempo s/ estudar e tentando algo na iniciativa privada.

    A sua palestra foi a responsável por me fazer pensar e finalmente decidir sobre o meu objetivo profissional. Por coincidência, tal carreira se situa no Serviço Público. Dessa maneira, hj estou estudando há qse 5 anos s/ parar pq eu realmente qro e mto trabalhar nesta função específica. Ñ faço concursos públicos pensando somente em estabilidade e salário.

    Graças a sua palestra, professor, hj eu tenho um norte: uma meta profissional a ser alcançada q é fielmente planejada e executada tdos os dias, através do estudo.

    Eu posso dizer, s/ qq demagogia, q a sua palestra naquela tarde de março de 2007, no Curso Forum (antigo Praetorium) mudou bastante a minha vida.

    Se eu fosse vc, voltaria a realizar tais palestras nos cursos q vc ministra, pois ela pode ñ vender livros e matrículas, mas oferece algo mto mais socialmente e moralmente relevante: a orientação vocacional de milhares de pessoas q desistem de seus sonhos ou nem se dão ao trabalho de procurá-los, já q se criou no Brasil uma cultura medíocre de q o serviço público é o melhor trabalho do mundo.

    A sua palestra pode ajudar a termos na Administração Pública servidores mais eficientes, pois estarão exercendo uma função por vocação. Estarão exercendo uma atividade cuja principal remuneração será a realização da auto-estima.

  3. **NT**
    09/05/2011 at 20:17 | Permalink

    Ei prof, concordo com Daniel viu.
    Tb assiti sua palestra e fiquei bem mais motivada pra continuar estudando.
    Desanima nao, precisamos de vc.
    Bjao

  4. CP
    11/06/2011 at 03:33 | Permalink

    Prof., tenho certeza que suas palestras motivacionais ajudaram muitos estudantes a não desanimarem durante o difícil caminho da preparação para concurso público e acredito que você faria um grande bem à sociedade se voltasse a ministrá-las aproveitando o ensejo para alertar os candidatos sobre o que realmente representar ser servidor público.

    Infelizmente muitos entram na administração pública com um único objetivo de realização pessoal e sem qualquer preocupação em agregar valores ao Estado e à sociedade. Nosso país teria mais retorno se os futuros servidores tivessem mais comprometimento com a coisa pública.

    Seria bastante proveitoso alertar aos candidatos sobre a imprescindibilidade da reflexão sobre o que realmente almejam alcançar, pois ser servidor público vai muito além de ter estabilidade, receber boa remuneração ou “status”.

    Aquele que busca no cargo público somente realização pessoal, sem qualquer interesse em servir à sociedade, em agir dentro dos ditames legais, com honestidade, com moralidade (…) pode estar fadado à mediocridade e aquele que coloca o ganho financeiro acima de tudo pode estar vulnerável às mazelas que assolam a administração pública brasileira e envergonham nosso país.

  5. Daniele
    15/07/2011 at 14:42 | Permalink

    Concordo com o Prof.
    Tem pessoas que nem imaginam o quanto é stressante essa vida de concurseiro! Me arrependo de ter feito o curso de Direito, de estar nesse barco sem fundo que é estudar dia após dia sem nenhuma garantia que a aprovação sairá em poucos ou longos anos. Não vou desistir pq do contrário volto ao final da fila. Mas que é dureza isso é!

Envie seu comentário

Seu email nunca será publicado ou compartilhado. Campos requeridos *

*
*