Warning: mysql_real_escape_string(): Access denied for user 'brunozam'@'localhost' (using password: NO) in /home1/brunozam/public_html/site/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string(): A link to the server could not be established in /home1/brunozam/public_html/site/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string(): Access denied for user 'brunozam'@'localhost' (using password: NO) in /home1/brunozam/public_html/site/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string(): A link to the server could not be established in /home1/brunozam/public_html/site/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string(): Access denied for user 'brunozam'@'localhost' (using password: NO) in /home1/brunozam/public_html/site/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string(): A link to the server could not be established in /home1/brunozam/public_html/site/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string(): Access denied for user 'brunozam'@'localhost' (using password: NO) in /home1/brunozam/public_html/site/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string(): A link to the server could not be established in /home1/brunozam/public_html/site/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string(): Access denied for user 'brunozam'@'localhost' (using password: NO) in /home1/brunozam/public_html/site/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string(): A link to the server could not be established in /home1/brunozam/public_html/site/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string(): Access denied for user 'brunozam'@'localhost' (using password: NO) in /home1/brunozam/public_html/site/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string(): A link to the server could not be established in /home1/brunozam/public_html/site/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786
Bruno Zampier » consumidor de drogas é o culpado
25/03/2009 – 00:44

consumidor de drogas é o culpado

Hoje, ao dar declarações sobre a guerra entre CV e ADA pelo comando da Ladeira dos Tabajaras, em Copacabana, no Rio, o Secretário de Segurança, José Mariano Beltrame disse que a culpa por esta guerra é também dos consumidores de drogas!

Vendo na TV suas declarações, achei perfeita sua colocação! O tráfico, evidentemente, é financiado por aqueles que consomem e a briga por pontos de venda é concorrência por maior lucratividade!

Veja a reportagem e as declarações do Secretário.

Já passou e muito da hora da discussão sobre o tráfico sair das favelas…

 A marginalização da figura do traficante e o tratamento como pessoa a ser recuperada, dada ao usuário ou dependente, por mais que eu estude a Lei 11.343/2006 (Nova Lei de Drogas), a mim soam como condutas antagônicas do legislador!

Quem sabe já não seja mesmo a hora de encarar a guerra contra as drogas como uma batalha perdida e partirmos para a legalização? Recentemente, até o ex-presidente FHC defendeu isto. Vai aumentar e muito o consumo, consequentemente os problemas de saúde, etc! Enfim, mais uma vez, pensemos…

7 Comentários

  1. simone
    25/03/2009 at 02:31 | Permalink

    Nada como terminar horas exaustantes de estudo e dar uma olhadinha no blog do Prof Bruno… Belo post, bela colocação do Secrétário…
    A CULPA É DO USUÁRIO!!!!

  2. Lu
    25/03/2009 at 14:36 | Permalink

    Acho até uma boa!
    Se legalizar…..vai haver a cobrança de impostos sobre a venda do “produto”, então…… vamos ajudar a seguridade social a financiar a saúde com esses impostos, já que vai ocorrer em consequência disso um aumento nos problemas de saúde, aplicando-se uma aliquota bem alta, para haver, até mesmo, uma repressão ao consumo……..
    vou parar por aqui, senão escrevo um testamento sobre isso….rsrsrs

  3. carlos souza
    25/03/2009 at 18:11 | Permalink

    legalizar ?

    Acredito não ser uma boa alternativa para o combate ao tráfico de drogas até porque é visível e indiscutível que é um comércio muito lucrativo para aquele que vende.
    Há por trás desse comércio rentável, políticos, juízes e por que não, até desembargadores.

  4. Alessandra
    25/03/2009 at 18:14 | Permalink

    Essa questão realmente enseja uma série de reflexões…. Dá mt “pano pra manga”… rs…
    Concordo em parte com o comentário acima, da Lu, seria sensacional a taxação pesada destes produtos de modo a propiciar o custeio do Estado, do sistema de saúde, etc.
    Todavia, devemos refletir acerca do possível, e até arrisco dizer, provável, surgimento das “drogas piratas”, ou seja, drogas quem vendidas na informalidade, serão mais baratas, tanto por sua qualidade duvidosa (menor pureza), quanto pela não incidência de impostos sobre tais produtos.
    Finalmente (… rs…), devemos refletir acerca de que parte destes traficantes que perderiam seu mercado com a legalização, com td certeza, irão migrar para outros nichos da criminalidade…
    O tema é complexo… rs..
    Abs pra tds do blog.

  5. Elcio
    26/03/2009 at 01:56 | Permalink

    Legalização, mais do que já tem? Não se legaliza por um motivo muito simples: tudo que é ilegal fica mais fácil de se obter lucro sem que o Estado intervenha. Se fosse legalizado, o Estado atrairia o monopólio para si, uma vez que, certamente, iria ter poder para controlar a renda do tráfico de drogas. Como conseqüência, muitas pessoas que sobrevivem do tráfico ilícito partiria para outros tipo de delitos, uma vez que não consegueiria traficar, gerando assim um grande índice de desemprego. Com máfia dos “caça-níqueis” também é a mesma coisa. Tudo que é ilegal, gera renda (não tributável) e trabalho para muitas pessoas. Infelizmente, a conseqüência disso tudo é isso que estamos vendo, mas não tem jeito não. Essa briga nós perdemos.

  6. Therezinha Braga
    27/03/2009 at 19:02 | Permalink

    Até há pouco tempo atrás, mais precisamente antes do advento do filme “Tropa de Elite”, não se podia nem mencionar que o usuário, aquele pobrezinho, desvalido, cheio de dificuldades psicológicas, estivesse SEQUER no quadro geral do tráfico, que dirá que fosse a mola mestra que o impulsiona! O que se vê, hoje, é o tratamento menos hipócrita a respeito do consumo de drogas ilícitas, e a inclusão, SIIIIIIIMMMMMMM!!!!!!!, do usuário no panorama da violência gerada pela atividade do tráfico. Já é um começo… Pífio, mas é.
    Legalizar é a solução, claro. As consequências virão de todos os segmentos – social, econômico, religioso, tributário, da saúde -, boas e más. Vai morrer gente aos borbotões? VAAAAIIII!!!! Vai dificultar a venda e encarecer o produto em virtude da incidência tributária? VAAAAAAIIIIIIII!!!!!!!! Os marginais vão desenvolver outra atividade para compensar a perda? VÃÃÃÃÃÃÃOOOOOO!!!!! A violência vai diminuir? NÃÃÃÃÃÃOOOOOO!!!!!!, porque o que tem que mudar é a postura de cada um em relação ao outro, e a do governo em relação a nós todos – basta observarmos o resultado do consumo excessivo de álcool, substância LÍCITA! Mas alguém, além do Gabeira, precisa peitar a discussão. Acho que o Beltrame tocou no assunto em um momento bem interessante.
    Abraços a todos.

  7. Cael Kalinowski
    31/03/2009 at 20:35 | Permalink

    Seria um tanto interessante ver a Souza Cruz buscando seu espaço nesse lucrativo ramo…
    Seria uma situação complicada!!!!

Envie seu comentário

Seu email nunca será publicado ou compartilhado. Campos requeridos *

*
*